Descubra como medir a produtividade da mão de obra na construção civil

Área do Cliente

Descubra como medir a produtividade da mão de obra na construção civil



18 de abril de 2017

Descubra como medir a produtividade da mão de obra na construção civil

No mercado da construção civil, a questão da produtividade é bastante discutida pelos profissionais, gestores e empresários. E isto não é à toa. Quanto mais baixa for a produtividade da mão de obra, mais prejuízos a construtora terá. E não estamos falando apenas do atraso no cronograma, mas também do aumento dos custos do canteiro e da diminuição dos lucros e da competitividade da companhia no mercado. É por isso que os responsáveis pelo canteiro, devem sempre medir a produtividade dos colaboradores. Somente com essa medição eles poderão detectar problemas, analisar tendências, prever o tempo de finalização das etapas e promover ações de motivação e conscientização. No post de hoje, daremos algumas dicas e orientações que o ajudarão a medir a produtividade da sua mão de obra. Confira:

O conceito de produtividade na construção civil

Para KELLOGG (1981), produtividade é a relação entre produto gerado por homem-hora. Se um colaborador leva uma hora para construir uma parede de 5 metros quadrados, então a sua produtividade é 0,2 Horas/homem por metro quadrado. Também podemos definir produtividade como sendo o intervalo de tempo necessário para um operário realizar uma atividade no canteiro de obras com determinados materiais e equipamentos.

Medindo a produtividade da mão de obra

Os gestores podem calcular a produtividade da sua equipe por meio de indicadores de produtividade. Os números apontados por eles os ajudam a evitar o desperdício de recursos e a solucionar problemas graves, antes que causam impactos negativos no canteiro. Hoje, um dos principais indicadores de produtividade utilizados pelas construtoras é a RUP ( Razão Unitária de Produção), cuja a fórmula é esta:

RUP = Hh/Qs

Hh = número de homens-hora

Qs = quantidade de serviços (m²)

A RUP representa o número de homens-hora necessário para executar 1 metro quadrado de alguma atividade, como pintura, alvenaria, revestimento, etc. Para calcular o número de homens-hora, basta verificar a quantidade de operários que se dedicaram ao serviço e por quanto tempo eles trabalharam. Uma RUP = 0,91 Hh/m2, por exemplo, indica que foram necessários 0,91 homens=hora para a realização de 1 metro quadrado de revestimento na fachada.

manual de contratação de empreiteiro

Quanto mais alto for o valor da RUP, menor é a produtividade da mão de obra. E esta baixa produtividade pode estar sendo gerada pela falta de treinamento da equipe, pela falta de atenção dos colaboradores em relação ao projeto ou mesmo pela dificuldade do serviço. Abaixo, listamos alguns fatores que variam de obra para obra e que podem influenciar negativamente os resultados da RUP:

  • Tipo e grau de dificuldade dos trabalhos que serão realizados;
  • Imprevistos, como falta de água ou energia elétrica e rotatividade de operários;
  • Disponibilidade de materiais, máquinas e equipamentos;
  • Condições climáticas, como chuva e vento forte.

O cálculo da RUP começa na fase de planejamento, com a previsão do número de homens-hora necessário para a realização de um determinado serviço. Depois, os responsáveis realizam o levantamento da produtividade real no canteiro de obras. Com os dados coletados em mãos, eles poderão comparar a RUP prevista com a RUP real e tomar decisões para aumentar a produtividade da mão de obra, caso seja necessário.

A Razão Unitária de Produção também pode ajudar os gestores a planejarem melhor os serviços e as contratações de operários e a tornarem os orçamentos mais transparentes – algo bastante exigido pelos clientes. É importante lembrarmos que o uso de um Software ERP para construção civil pode ajudar os gestores a criarem relatórios personalizados e medirem, em tempo real, as atividades realizadas pela mão de obra.

Aprendeu como calcular a produtividade da sua mão de obra? Se tiver ficado com alguma dúvida, basta escrevê-la nos comentários para que possamos ajudá-lo!



Noticias relacionadas

10 softwares para a construção civil que você precisa conhecer

7 erros que não devem ser cometidos por construtoras

Listamos os erros mais comuns que devem ser evitados em construtoras.

Saiba mais!
Descubra os benefícios do planejamento estratégico na construção civil

Descubra os benefícios do planejamento estratégico na construção civil

A falta de planejamento pode comprometer toda sua obra, desde o prazo para enrega até questões que podem influenciar...

Saiba mais!
Confira como a tecnologia ERP beneficia o segmento de construção civil

Confira como a tecnologia ERP beneficia o segmento de construção civil

Para o segmento da construção existem sistemas ERP desenvolvidos de forma específica, a fim de cobrir todas as atividades...

Saiba mais!

Assine a Newsletter

E receba conteúdos exclusivos

A Globaltec atende no mercado de construção civil mais de 1000 clientes no Brasil através do ERP UAU - Software para constução civil


Quer descobrir como podemos ajudar seu negócio?


Entre em contato

Fale conosco: