Área do Cliente

Mais de 800 clientes satisfeitos...
Blog -

A inadimplência na Construção Civil: saiba como reduzi-la e conheça a verdade sobre este assunto!

A inadimplência na Construção Civil: saiba como reduzi-la e conheça a verdade sobre este assunto!

06 de Fevereiro de 2018 em Noticias de Mercado

A inadimplência é um dos maiores desafios enfrentados pelo empreendedor e a situação só piora em épocas de crise. No setor de Construção Civil, por exemplo, ela é especialmente delicada, pois geralmente os valores envolvidos são altos e a ausência do dinheiro no caixa pode paralisar as operações. Entretanto, quando ouvimos falar do assunto, muitos detalhes importantes deixam de ser apontados.

Pensando nisso, preparamos este artigo para explicar quais problemas sua empresa pode enfrentar quando os clientes deixam de pagar e quais são as soluções oferecidas pela Globaltec e sua parceira Capys.

A inadimplência do cliente pode “contaminar” você

O atraso do cliente em te pagar pode se tornar o seu atraso em cumprir os compromissos com os fornecedores. Quase sempre as empresas contam com o pagamento das parcelas combinadas para honrar o acerto da mão de obra e materiais.

O problema da inadimplência nessa situação é que você terá de enfrentar o dilema: buscar um empréstimo ou deixar de pagar as contas? As duas situações são muito ruins, porque você verá sua margem de lucro minguar por causa do custo dos juros.

O prejuízo pode nunca ser recuperado

Mesmo que você cobre os valores devidos (por meio de cobrança amigável, protesto de títulos, negativação do crédito etc.), pode ser que o prejuízo causado pela inadimplência nunca seja recuperado.

Isso porque o tempo e o valor gastos com assessoria para essas cobranças não vão estar embutidos no montante que talvez você consiga receber. Muitas vezes abatimentos serão feitos a fim de facilitar o pagamento por parte do devedor.

Sua operação se torna mais cara

Quando um empreendimento é planejado, calcula-se quanto será preciso de capital de giro para manter as operações. Acontece que os recursos são utilizados para as atividades do período entre o pagamento ao fornecedor e o recebimento do cliente. Quando o cliente não paga, a operação não fecha e sua empresa vai precisar de mais capital de giro, o que encarece a operação.

Nem tudo é permitido na cobrança de dívidas

Você vendeu ou prestou o serviço e tem todo o direito de cobrar o pagamento. Mas há limites para a cobrança de dívidas. É possível registrar o nome do inadimplente nos cadastros do SPC, SCPC e Serasa, enviar cartas de cobrança e ligar para o devedor para deixá-lo ciente da necessidade de pagamento.

Porém, é necessário seguir o que a legislação estabelece para ações de cobrança. Por exemplo:

  • Nenhuma cobrança pode ser feita no ambiente de trabalho;
  • As ligações não podem ser feitas várias vezes ao dia;
  • O devedor não pode ser cobrado durante o final de semana, nos feriados ou à noite;

O essencial está descrito no artigo 42 do Código de Defesa do Consumidor (CDC): “Na cobrança de débitos, o consumidor inadimplente não será exposto ao ridículo, nem será submetido a qualquer tipo de constrangimento ou ameaça”.

Como diminuir a inadimplência na Construção Civil?

Sabemos, agora, os principais problemas que a inadimplência pode causar na sua empresa. Mas, como fazer para diminuir essas situações na sua carteira de clientes? Como sempre, o primeiro passo é realizar uma boa gestão financeira do negócio. Isso só será possível por meio do uso de uma ferramenta automatizada e especializada no seu ramo de atuação.

Com um software de gestão (ERP) criado para o setor de Construção Civil, como o UAU da Globaltec, e soluções de Tecnologia da Informação (TI), como as fornecidas pela parceira Capys, você poderá promover ações para diminuir os problemas de falta de pagamento. Entre essas ações, as duas principais são as seguintes:

1. Implementar um sistema de cobrança eficiente

A melhor maneira de conseguir com que a dívida seja paga é não deixar a cobrança para depois. Com um ERP e um sistema completo de TI, você vai saber quais são as pendências e poderá efetuar a cobrança já no primeiro dia de atraso, de forma ética e automatizada.

2. Ter um histórico de cada cliente

Com um ERP adequado ao seu tipo de negócio, você terá um histórico atualizado de cada cliente. Esse histórico poderá ser analisado de maneira rápida. Isso facilita na hora de identificar os maus e os bons pagadores, pois evita injustiças, tais como diferenciar aquele cliente que sempre pagou em dia, mas passou por momentos difíceis, daquele que é inadimplente “crônico”. A estratégia de negociação será de acordo com cada histórico.

inadimplência é um problema que o empreendedor da Construção Civil deve combater cotidianamente. Desde a consulta aos órgãos de proteção ao crédito até a gestão financeira por meio de um ERP eficiente. Só assim será possível evitar prejuízos que podem levar até mesmo à falência da empresa.

E você, o tem feito para reduzir a inadimplência na sua construtora ou imobiliária? Compartilhe suas ideias nos comentários!

 

Comentários

A Globaltec atende no mercado de construção civil mais de
800 clientes no Brasil
através do ERP UAU – Software para construção civil

Solicite já uma visita

Salvador (71) 3512-6609

São Luís (98) 3042-1970

São Paulo (11) 3513-7879

Florianópolis (48) 3771-4727

Joinville (47) 3512-0332

Palmas (63) 3025-8018

Recife (81) 4062-9769

Rio de Janeiro (21) 3609-2813

Belo Horizonte (31) 3360-7209

Brasília (61) 4063-6229

Cuiabá (65) 3051-0351

Goiânia (62) 3587-1670

Quer descobrir como podemos ajudar seu negócio?