fbpx

Área do Cliente

Lei de proteção de dados: O que é a LGPD e como isso impacta o segmento de construção



17 de setembro de 2019
Lei de Proteção de Dados

A Lei Geral de Proteção de Dados que foi sancionada em 2018 vem mudando a forma como as empresas gerenciam os dados dos seus clientes. Por isso, trouxemos neste artigo detalhes sobre como ela impacta as empresas atual no segmento imobiliário e da construção.

Assim, acompanhe a leitura e saiba porque é importante que a sua empresa esteja em conformidade com a Lei de Proteção de Dados.

Vamos do início

Se a sua empresa ainda não conhece nada sobre a LGPD, vamos mostrar na íntegra o que ela é e o seu conceito. Vejamos a lei n.13.709/18:

Art. 1º Esta Lei dispõe sobre o tratamento de dados pessoais, inclusive nos meios digitais, por pessoa natural ou por pessoa jurídica de direito público ou privado, com o objetivo de proteger os direitos fundamentais de liberdade e de privacidade e o livre desenvolvimento da personalidade da pessoa natural.

Esse é apenas um trecho da lei, ou seja, quer dizer que as empresas terão que mudar a maneira como interagem com os dados do cliente. Já que os clientes têm o direito de saber como as empresas estão gerenciando dados sob as novas regulamentações.

No momento que isso afeta todos os negócios e relacionamento com os clientes, requer então, ajustes nos processos e na maneira como os dados do cliente são armazenados e acessados. Portanto, é para isso que o ERP está contribuindo.

Todavia, se os clientes puderem exigir a remoção dos seus dados dos sistemas da empresa, esses dados deverão estar facilmente disponíveis e acessíveis. A conformidade com o LGPD exigirá a principio, uma melhor visibilidade dos dados do cliente nos sistemas ERP, para que todos eles sejam encontrados e removidos quando solicitados.

LGPD e a sua empresa

Certamente todas as pequenas empresas contém detalhes pessoais de funcionários, clientes e fornecedores – como nomes, números de telefone e dados bancários.

Ou seja, quaisquer dados armazenados em um computador ou em um sistema de arquivamento físico devem estar em conformidade com a Lei de Proteção de Dados. Por isso empresários, freelancer ou proprietários de pequenas empresas, são de sua responsabilidade garantir o cumprimento das regras.

Como proprietário de uma empresa, você deve manipular os dados de acordo com os 7 princípios da Lei de Proteção de Dados. Embora isso possa parecer muito trabalho, a conformidade é essencial se você deseja evitar multas pesadas.

Os 7 princípios também tendem a se sobrepor às boas práticas quando se trata de gerenciamento e manuseio de informações pessoais, como manter os dados pessoais atualizados.

Os 7 princípios da Lei de proteção de dados

A Lei de Proteção de Dados estabelece sete princípios básicos para o tratamento de dados pessoais. Esses princípios garantem que os dados pessoais sejam:

  1. Processado de forma justa e legal
  2. Processado apenas para fins especificados, legais e compatíveis
  3. Adequado, relevante e não excessivo para os fins pretendidos
  4. Preciso e atualizado – os indivíduos têm o direito de ter dados pessoais imprecisos corrigidos ou destruídos
  5. Mantido por não mais do que o necessário
  6. Processado de acordo com os direitos dos indivíduos
  7. Protegido contra perda, destruição ou dano acidental contra processamento não autorizado ou ilegal

O impacto da
Lei de proteção de dados na construção civil

Como parte dos novos regulamentos, as empresas que hospedam dados de clientes, fornecedores e funcionários, precisam ter certeza de que mantêm os registros em segurança.

Do contrário, a multa por não os manter seguros e privados pode gerar penalizações de até 2% do seu faturamento mais recente.

Sem dúvida, isso por si só já deveria preocupar o segmento da construção civil. Por isso, não se pode descuidar um instante sequer. Já que uma multa dessas pode custar muito a sua empresa.

Os dados que o ERP deve proteger sob a LGPD incluem informações básicas de identidade, como nome, endereço e números de identificação; dados da web, como localização, endereço IP, dados de cookies; dados genéticos e de saúde; dados biométricos; dados raciais ou étnicos; opiniões políticas e bem como orientação sexual.

Todos os sistemas ERP estão prontos para atender a esses regulamentos? Não. Mas isso é parte do motivo pelo qual a Globaltec tem o ERP UAU pronto para colocar a sua empresa em conformidade com a LGPD.

A importância de ter um ERP

Finalmente, a LGPD afetará o ERP, estimulando a demanda por esses sistemas.

Assim, os clientes agora podem perguntar se uma empresa possui os seus dados e para qual finalidade. E com a finalidade que que isso flua tranquilamente, um sistema ERP facilitará o tratamento dessas questões, uma vez que, os dados são armazenados em um único local, em vez de pesquisar em vários softwares diferentes.

A LGPD também pode trazer mais foco ao ERP, forçando as empresas a simplificarem o número de aplicativos de software que oferecem suporte às operações diárias. E como as empresas precisam acessar e remover facilmente todos os dados do cliente, mediante solicitação, uma redução nas plataformas de software auxilia no processo.

Os novos requisitos decorrentes da LGPD não são nada menos que um enorme requisito novo para as empresas. Já Algumas empresas já são capazes de atender a esses requisitos, enquanto outras ainda estão trabalhando nisso.

Por fim, saiba que até agosto de 2020 todas as empresas terão que se adequar a todos os artigos da LGPD. Mas alguns já estão em vigor e os demais somente após 24 meses de sua publicação.

 Ou seja, é importante preparar sua empresa para entrar em conformidade com a Lei. Portanto, para que isso aconteça é que nós trabalhamos sempre. Então venha conhecer as soluções que a Globaltec tem para sua empresa. Acesse:
www.globaltec.com.br/contato

Assine a Newsletter

E receba conteúdos exclusivos

A Globaltec atende no mercado de construção civil mais de 900 clientes no Brasil através do ERP UAU - Software para constução civil


Quer descobrir como podemos ajudar seu negócio?


Entre em contato

Fale conosco: