Como escolher um controle de acesso para condomínios?

Área do Cliente

Como escolher um controle de acesso para condomínios?



27 de fevereiro de 2020
Como escolher um controle de acesso para condomínios?

O controle de acesso às residências, principalmente as localizadas em condomínios ou apartamentos, certamente tem sido melhorado pela tecnologia nos últimos anos.  E isso tem um porquê. As 3 maiores preocupações do brasileiro, de acordo com pesquisa Ipsos feita em 2019, são: em 1º lugar a violência (para 47% dos entrevistados), em seguida o atendimento de saúde (46%) e por fim o desemprego (39%).

Em resumo, não é surpresa que a violência seja a maior preocupação! Já que em 2017, o Anuário Brasileiro de Segurança Pública registrou mais de 1,96 milhão de furtos e roubos dos mais diversos tipos. Nosso país apresenta, proporcionalmente, o dobro da média mundial para furtos e crimes. Portanto, as empresas que trabalham com entrega de imóveis devem pensar em oferecer diferenciais aos seus investidores no quesito segurança, não é mesmo? Afinal, todos querem que sua residência não sofra com invasões, roubos ou outros crimes ainda mais graves.

Por isso, uma das soluções mais interessantes e fáceis de implementar para oferecer a segurança que o comprador de imóveis merece, é um sistema de controle de acesso de condomínios. Então vamos entender o que é necessário para implementá-lo e quais as vantagens de trabalhar com esse diferencial.

O papel e as vantagens de um sistema de controle de acesso

O sistema de controle de acesso é um princípio bem simples. Ou seja, é o sistema que controla a entrada e saída de um ambiente. Limitando o acesso, a fim de impedir o fluxo de pessoas não autorizadas. A princípio há vários tipos de sistemas de controle de acesso para condomínio que podem ser implementados e até mesmo combinados. Hoje por exemplo, é possível trabalhar com tecnologias de reconhecimento facial, de voz, biometria e leitura de íris, senhas, fechaduras digitais, tags e aplicativos para aparelhos celulares.

Entretanto não basta apenas ter um circuito de câmeras e alarmes ou cerca elétrica, mas tudo isso combinado a sensores de presença e as outras tecnologias mencionadas anteriormente, fornecem um esquema de segurança que seria impossível alguns anos atrás. Tudo isso traz controle, registros e ainda mais sensação de segurança para os moradores ou trabalhadores do local.

Como funciona um sistema de controle de acesso

O funcionamento do sistema de controle de acesso se dá, principalmente, pela autorização expressa do morador ou responsável pelo local para que um visitante ou funcionário consiga entrar no local. Além disso, um sistema como esse mantém registros sobre os funcionários, o fluxo de pessoas que entram e saem para prestar serviços, entrada e saída de moradores, tudo fica armazenado num servidor web. Embora alguns sistemas liberam o acesso com senhas ou solicitam confirmação biométrica, outros trabalham com soluções mais “analógicas” crachás, controles remotos e tags.

É preciso saber qual solução melhor se encaixa nas suas necessidades de acordo com o nível de segurança desejado e a praticidade necessária. Um local com frequentadores hiper conectados pode pensar em trabalhar com aplicativos e um maior nível de tecnologia, mas se o perfil das pessoas do local for “analógico”, é melhor focar em soluções mais intuitivas como biometria e reconhecimento de íris, senhas, tags e portaria eletrônica, por exemplo. Contudo nada impede de combinar uma ou mais possibilidades num mesmo local.

Como escolher um fornecedor de sistema de controle de acesso

Primeiramente, é preciso avaliar o perfil dos frequentadores do local e chegar a um consenso sobre o tipo de tecnologia a ser empregada. Depois, na hora de selecionar uma prestadora de serviço, é importante olhar com atenção para a seriedade e a idoneidade da empresa. Trata-se de uma empresa que está sempre se atualizando e buscando implementar novas tecnologias? O que os clientes dizem sobre o trabalho dela? Busque por referências e garantias.

A Access.run é uma das empresas do setor que tem aparecido como referência e chamado atenção não apenas no Brasil, mas também no exterior. A startup trabalha com um sistema digital para autorizar a entrada em um local por meio de convite, e você pode controlar quando seu convidado vai utilizar o acesso autorizado para entrar. Além disso, é possível criar eventos com convites limitados e controlar o acesso de funcionários e membros de um local por meio de cadastro biométrico ou facial.

Verifique qual a melhor solução para o seu empreendimento e ofereça um diferencial de segurança para o seu investidor. Com planejamento e auxílio da tecnologia é possível acalmar uma das maiores inquietações do brasileiro: a exposição à violência.



Noticias relacionadas

9 fatores que devem ser considerados no planejamento de construções pesadas

9 fatores que devem ser considerados no planejamento de construções pesadas

Gestores, engenheiros e empresários precisam ter em mente que a produtividade e a qualidade final do empreendimento dependem desse...

Saiba mais!
Saiba como manter uma gestão de rateio eficaz

Saiba como manter uma gestão de rateio eficaz

Sua empresa conta com uma gestão de rateio eficaz? Separamos algumas dicas que vão te ajudar.

Saiba mais!
Conheça 6 tendências da engenharia civil para os próximos anos

Conheça 6 tendências da engenharia civil para os próximos anos

O mercado da construção civil é muito dinâmico e as novidades não param de chegar, por isso separamos as...

Saiba mais!

Assine a Newsletter

E receba conteúdos exclusivos

A Globaltec atende no mercado de construção civil mais de 1000 clientes no Brasil através do ERP UAU - Software para constução civil


Quer descobrir como podemos ajudar seu negócio?


Entre em contato

Fale conosco: