Como funciona o seguro fiança na prática para o mercado imobiliário

Área do Cliente

Como funciona o seguro fiança na prática para o mercado imobiliário



28 de julho de 2020

Na hora de alugar um imóvel, a Lei do Inquilinato determina que o locatário deve fornecer algum tipo de garantia de que será bom pagador. Afinal, os proprietários e imobiliárias podem sair muito prejudicados caso aconteça o famoso “calote”. O seguro fiança é uma das alternativas de garantia de aluguel que funciona bem tanto para a imobiliária e o proprietário quanto para o locatário. Vamos ver mais sobre as vantagens que o seguro fiança proporciona na prática?

O que é seguro fiança

Muitas vezes o locatário não tem como conseguir um fiador ou desembolsar o valor de caução, e isso acaba fazendo com que a imobiliária perca alguns negócios se não estiver preparada. O seguro fiança é uma alternativa de garantia que o locatário pode contratar no lugar de caução ou de um fiador. Funciona de forma parecida com o seguro de automóveis, o locatário contrata uma apólice em uma seguradora, mas o beneficiado, neste caso, é o proprietário do imóvel. Dessa forma, caso o locatário não consiga honrar seus pagamentos, o proprietário será beneficiado pelo seguro.

Quanto custa um seguro fiança

O preço do seguro fiança depende da duração do contrato e da cotação da seguradora com a qual a imobiliária ou seu cliente trabalharem. São diversos planos e coberturas em diferentes seguradoras, tais como: Porto Seguro, Tokio Marine, Mapfre, entre tantas outras. A média de preços costuma girar em torno de 1 aluguel e meio por ano. Tudo depende da cobertura do plano! Esse valor pode ser cobrado de formas diferentes, mas as mais comuns são: em 1 entrada + 6x ou de forma diluída nos boletos de aluguel do locatário – tudo depende de como a imobiliária decidir trabalhar.

A cobertura comum do seguro fiança costuma ser do valor de aluguel e taxas de condomínio e IPTU, mas existem planos que compreendem outros impostos, como taxa de lixo, esgoto, e até mesmo contas de água e luz. É possível também aliar o seguro fiança aos seguros residenciais que cobrem danos como roubos, incêndios, vazamentos, tempestades, enchentes. A imobiliária pode trabalhar juntamente com uma corretora de seguros e oferecer esses planos aos seus clientes.

Para quem é indicado o seguro fiança

O seguro fiança é o mais indicado para clientes que não desejam desembolsar o valor de caução ou não desejam ter um fiador para garantia de sua locação. O cliente que opta por seguro fiança costuma ter um perfil mais independente e não deseja desembolsar um grande valor de uma só vez. Lembrando novamente que segundo a Lei do Inquilinato, o locatário precisa fornecer algum tipo de garantia, e o seguro fiança é uma das modalidades aceitas para esse fim.

O seguro fiança também é indicado para proprietários que desejam estar tranquilos em relação aos riscos de seus investimentos, garantindo assim que sempre terá retorno financeiro.

Quais são as vantagens e desvantagens do seguro fiança

As vantagens do seguro fiança são que o proprietário fica preservado em seus ganhos em caso de inadimplência do cliente ou de qualquer eventualidade, o que traz uma maior tranquilidade para o investidor. Já para o locatário, é uma opção que representa um pouco mais de custo agregado ao valor do aluguel, o que é uma desvantagem, mas também dá a possibilidade de alugar mesmo que não tenha como desembolsar o valor de caução ou não possa ter um fiador, tornando a locação mais ágil.
Muitas vezes a rapidez na aprovação dos papéis é essencial para que o locatário consiga o imóvel desejado e também para que o proprietário não perca dinheiro com um imóvel parado. O seguro fiança diminui a burocracia e agiliza a aprovação do cadastro dos clientes que alugam com a imobiliária.

Benefícios de um ERP para sua imobiliária

Você sabia que com um sistema de gestão (ERP) como o UAU a sua imobiliária pode configurar propostas de seguro e outras taxas automaticamente, evitando o trabalho manual? Um sistema de gestão especialista no mercado da construção dá mais agilidade à sua imobiliária na hora de fechar negócios de venda e aluguel, receber propostas, emitir boletos, padronizar cobranças e calcular comissões automaticamente.

Quer saber como o UAU pode levar a gestão da sua imobiliária ao mais alto patamar? Entre em contato conosco!



Noticias relacionadas

5 indicadores de desempenho essenciais para a construção civil

5 indicadores de desempenho essenciais para a construção civil

Descubra neste conteúdo quais são os indicadores de desempenho essenciais para quem lida diariamente com o canteiro de obras.

Saiba mais!
5 práticas de gestão para diminuição do índice de inadimplência

5 práticas de gestão para diminuição do índice de inadimplência

Descubra as práticas necessárias para gerir essa situação e manter a quantidade de débitos em aberto controlada na construção...

Saiba mais!

Melhore os resultados de sua empresa no segmento da construção civil

Descubra como um ERP pode potencializar as atividades de sua empresa no segmento da construção civil.

Saiba mais!

Assine a Newsletter

E receba conteúdos exclusivos

A Globaltec atende no mercado de construção civil mais de 1000 clientes no Brasil através do ERP UAU - Software para constução civil


Quer descobrir como podemos ajudar seu negócio?


Entre em contato

Fale conosco: