Dica de nossos especialistas: Melhores práticas para sua incorporadora

Área do Cliente

Dica de nossos especialistas: Melhores práticas para sua incorporadora



10 de novembro de 2015

Rentabilidade é a palavra que acompanha todas as ações das incorporadoras — ao menos deveria. Os desafios no setor de empreendimentos imobiliários para obtenção de lucro e alta rentabilidade nos negócios são enormes, já que, geralmente, a execução é segmentada. Isso significa que a incorporadora pode perder o controle de determinada área se não tiver um bom planejamento e comunicação com parceiros e fornecedores. Erros nesse processo podem resultar na inconclusão ou atraso dos empreendimentos, o que significa capital parado ou mesmo dinheiro perdido. Além disso, um imóvel entregue fora do prazo ou sem a qualidade prometida resulta em prejuízo para os clientes e para a imagem da incorporadora, comprometendo, de forma quase que irreversível, a credibilidade da empresa.Para ajudar sua incorporadora a enfrentar esses desafios, elaboramos um pequeno guia de melhores práticas. Abaixo, separamos seis dicas para otimizar o desempenho do seu time e também dos processos da organização.

1. Planejamento é o primeiro passo

Em um ambiente altamente mutável, os participantes do mercado imobiliário precisam de agilidade e revisão constante de posicionamentos. Nesse cenário, as incorporadoras não podem apenas pensar e investir todas as suas fichas em negócios isolados, já que o esgotamento de alguns desses projetos representa sérios problemas para a saúde financeira da empresa. É preciso definir objetivos claramente pensando no médio e longo prazo, baseado em uma visão holística de todos os empreendimentos em andamento e também os futuros. Para isso, é fundamental elaborar abordagens específicas de mercado, que só é possível a partir de um planejamento estratégico. Nele, devem estar previstas a definição dos requisitos do trabalho a ser feito, a quantidade e qualidade desse trabalho e definição dos recursos necessários.

2. Acompanhar o que acontece no mercado

O mercado imobiliário brasileiro é bem fragmentado e regionalizado. Por causa disso, se sua incorporadora tem empreendimentos em regiões diferentes deve acompanhar o mercado separadamente. Como qualquer negócio, exige pesquisa de mercado, benchmarking – que vai comparar sua incorporadora com as existentes, acompanhamento de notícias do mercado imobiliário, etc. É essencial saber o que seus concorrentes estão fazendo, mas também novidades que chegam primeiro em outros países. Esteja bem informado e utilize esse conhecimento na hora de planejar um empreendimento.

3. Dar visibilidade a sua incorporadora

Para facilitar a abordagem da equipe de vendas, é importante que a área de marketing esteja trabalhando alinhada aos mesmos objetivos. Como estamos na era do marketing digital, uma incorporadora não pode se esconder no meio offline. O hábito de pesquisar na internet em busca de informações e experiências de outros consumidores antes de realizar a compra de um imóvel é cada vez mais presente. Isso significa que a exposição positiva na web viabiliza a concretização de novos negócios e gera resultados efetivos. Um dos canais mais relevantes para isso são as mídias sociais, que além de ampliarem a visibilidade da marca na internet também proporcionam a interação com o público. Participar de feiras e eventos do setor também é uma maneira eficaz de aparecer para o público, ou seja, de se aproximar.

manual de contratação de empreiteiro

4. Motivar e capacitar os colaboradores

Uma alternativa para aumentar a produtividade dos profissionais que as empresas encontraram é oferecer capacitação para os colaboradores. Com treinamentos e cursos, a taxa de turnover (demissão) diminui porque os colaboradores sentem-se valorizados e peças importantes para a empresa. Além disso, profissionais capacitados costumam ter melhor desempenho e contribuem, de uma maneira geral, para a melhoria dos processos da empresa. Além de capacitar, é preciso criar políticas internas motivacionais, que aumentem a retenção de colaboradores.

5. Definir indicadores de desempenho

O uso de indicadores é uma das formas de se medir e avaliar a qualidade final do empreendimento, dos processos e também dos clientes. No entanto, não basta apenas definir indicadores de desempenho, é preciso estruturar a forma de coleta, processamento e análise de dados, e como serão utilizados os resultados. Essa medição representa dentro da organização um processo de autocrítica e de monitoramento das atividades, ações e decisões. Como Peter Druker já dizia, não se pode gerenciar o que não se pode ou se sabe medir. Só compreendendo como estão os processos, produtos e serviços é possível identificar quais os problemas e deficiências e tomar decisões necessárias para melhoria do produto final. No setor imobiliário, podem ser utilizados indicadores como satisfação do cliente, defeitos, previsão/custo; previsão/tempo, lucratividade, segurança, entre outros.

6. Buscar apoio de um solução tecnológica especializada

Imagine uma ferramenta que simplifique o planejamento e o controle gerencial, físico e financeiro dos negócios no mercado das incorporadoras. Essa ferramenta existe e é conhecida como ERP, em tradução livre, planejamento de recurso corporativo. O ERP permite o controle da carteira de clientes, de fornecedores, das compras, do planejamento, da venda, dos pagamentos, etc. Dessa forma, a incorporadora tem o contro total de todos os processos, agilizando o trabalho e eliminando o fluxo de papéis. Mas para isso, é fundamental que o software escolhido seja modular, já que esse modelo facilita a integração entre os departamentos. A integração é essencial para que as estratégias e operações de todas as áreas estejam alinhadas, gerando maior produtividade. A integração entre as áreas também é requisito para fazer comparativos entre o que foi previsto e efetivamente realizado, para controlar despesas e monitorar a rentabilidade do empreendimento. Em suma, sem integração, a incorporadora perde agilidade e assertividade na tomada de decisões.

Quer garantir produtividade e assertividade de decisões em todas as áreas? Entre em contato com nosso time de profissionais e descubra como!



Noticias relacionadas

Obrigações X Benefícios do empreiteiro

Obrigações X Benefícios do empreiteiro

Uma das figuras mais importantes da construção civil é a do empreiteiro. Basicamente, esse profissional tem a obrigação de...

Saiba mais!
Utilizando a curva ABC para fazer o orçamento de obras

Utilizando a curva ABC para fazer o orçamento de obras

A ferramenta que permite analisar o nível de importância de cada insumo, além de identificar qual necessita de mais...

Saiba mais!
Descubra os benefícios de um ERP para incorporadora

Descubra os benefícios de um ERP para incorporadora

É importante ver o crescimento dentro de sua incorporadora. Por isso, descubra porque investir e implementar um software ERP...

Saiba mais!

Assine a Newsletter

E receba conteúdos exclusivos

A Globaltec atende no mercado de construção civil mais de 1000 clientes no Brasil através do ERP UAU - Software para constução civil


Quer descobrir como podemos ajudar seu negócio?


Entre em contato

Fale conosco: