Área do Cliente

Mais de 800 clientes satisfeitos...
Blog -

Incorporadoras: vocês planejam de maneira correta?

Incorporadoras: vocês planejam de maneira correta?

11 de Janeiro de 2018 em Incorporadora

Incorporadoras vocês planejam de maneira correta

Sabemos que, apesar de alguns avanços na área tecnológica, muitas incorporadoras ainda realizam seu planejamento de forma bastante rudimentar. A falta de um gerenciamento completo, que envolva departamento financeiro e projetos em andamento, pode representar uma ameaça à saúde de empresas da construção civil.

Inclusive, a crise vivida pelo setor nos últimos anos fez com que diversos negócios fossem engolidos por dívidas e empréstimos mal estruturados. Entretanto, algumas projeções apontam para um 2018 mais tranquilo e de recuperação gradativa.

Por isso, este é um ótimo momento de questionar se a sua incorporadora tem feito um planejamento correto. Tal análise será a base para encontrar novos caminhos de crescimento, saber onde e como investir com qualidade e ampliar sua produtividade.

Mercado para as incorporadoras

O índice de confiança do setor da construção civil, medido pela Fundação Getulio Vargas (FGV), subiu 1,1 ponto em novembro — atingindo 79,1 pontos. É o maior resultado deste ano e a sexta alta consecutiva do índice, divulgado mensalmente.

De acordo com os pesquisadores, o final de ano traz uma boa percepção das empresas em relação à carteira de contratos. Além disso, eles apontam alta também na sinalização de contratações de mão de obra nos próximos meses.

Esse cenário otimista está sendo criado a partir de diversas mudanças ocorridas em 2017: queda das taxas de juros, recuperação da economia, novas perspectivas de investimento público em habitação, lei da terceirização, Reforma Trabalhista etc.

 

Gestão de tributos

Um dos pontos mais sensíveis do planejamento das incorporadoras é a gestão de tributos. Escolher um sistema de tributação correto pode evitar prejuízos em médio e longo prazos, além de permitir uma margem de lucro adequada.

Na construção civil, as empresas podem optar pelo lucro real ou pelo lucro presumido. O segundo caso é ideal para negócios com faturamento de até R$ 78 milhões e que promovem o lançamento de vários empreendimentos por ano. Já a modalidade de lucro real é obrigatória para empresas com faturamento maior que R$ 78 milhões.

 

Planejamento de obras

Uma obra pode sofrer diversas mudanças durante o processo de execução das etapas. Por causa disso, fazer o gerenciamento dos processos é um desafio muito grande para qualquer gestor da área. É necessário, nesses casos, realizar novas aprovações e orçamentos, além de dedicar tempo para estudos que embasam as novas diretrizes.

Nessa hora, ter informações atualizadas e detalhadas sobre cada etapa do projeto é importante para a tomada de decisão. Afinal, a engenharia civil é uma área que necessita de dados que possam ser disponibilizados de maneira rápida para o bom andamento do trabalho no canteiro de obras.

Um ERP especializado em construção civil pode ser a principal ferramenta para o planejamento correto de projetos realizados pelas incorporadoras.

Os processos organizacionais podem ser padronizados e uma verdadeira ‘checklist’ de ações pode ser desenvolvida por meio do software. Sua incorporadora deve planejar a atuação no mercado levando em conta as seguintes tarefas:

 

 

 

 

  •  

    Coleta de requisitos: quais são os documentos necessários para o início dos trabalhos? Prazos, orçamentos, contato de todos os envolvidos no empreendimento devem ser compilados em uma plataforma de fácil acesso.

  •  

    Definição do escopo: descrição detalhada do projeto, com área a ser construída e as características da arquitetura esperada.

  •  

    Definição de atividades e cronograma: todas as ações que serão executadas no empreendimento, desde a fundação até o acabamento, deverão ser anotadas. Deve ser feito, também, um cronograma com as durações de execução de etapas, assim como as restrições e necessidade de trabalho em conjunto com outras tarefas.

 

  •  

    Estimativa de custos: a estimativa de custos do empreendimento deverá ser analisada levando-se em conta todas as necessidades de insumos, mão de obra, custo com aluguel de equipamentos e suprimentos. Essas informações têm de ser conferidas com aquilo que realmente chega ao canteiro de obras.

Gestão das vendas

A gestão do processo de vendas é uma atividade delicada dentro do escopo geral de um empreendimento. O trabalho deve ser feito atendendo as modificações que surgiram dentro do prazo e cuidando de variáveis importantes como, por exemplo, metas de contratos e relacionamento das instituições financeiras com os clientes e com a incorporadora.

O bom planejamento de todas essas ações nas incorporadoras passa pela adoção de ferramentas eficientes para a gestão dos processos, como um ERP, que permite a coordenação de diversos recursos no canteiro de obras e também no escritório.

Com um software especializado, é possível agendar ações e prevenir desperdícios, além de cumprir prazos estabelecidos e alcançar resultados satisfatórios no empreendimento.

Este conteúdo foi útil para você? Se ficou com alguma dúvida, não deixe de entrar em contato. Se preferir compartilhar alguma ação em prol do planejamento eficiente na sua empresa, deixe seu comentário!

Comentários

A Globaltec atende no mercado de construção civil mais de
800 clientes no Brasil
através do ERP UAU – Software para construção civil

Solicite já uma visita

Salvador (71) 3512-6609

São Luís (98) 3042-1970

São Paulo (11) 3513-7879

Florianópolis (48) 3771-4727

Joinville (47) 3512-0332

Palmas (63) 3025-8018

Recife (81) 4062-9769

Rio de Janeiro (21) 3609-2813

Belo Horizonte (31) 3360-7209

Brasília (61) 4063-6229

Cuiabá (65) 3051-0351

Goiânia (62) 3587-1670

Quer descobrir como podemos ajudar seu negócio?