CONTEÚDOS PARA O SETOR
IMOBILIÁRIO E DA CONSTRUÇÃO CIVIL

Notícia em destaque

Como trabalhar com crédito associativo na construção civil

Você já ouviu falar em obras financiadas por meio do crédito associativo? Essa é uma forma de conseguir recursos para as obras de sua construtora ou incorporadora junto às instituições bancárias e garantir que não faltarão recursos até a entrega do empreendimento! Nestes tempos em que um projeto custa um alto preço, é bom pensar em formas alternativas de financiamento. Com isso, você consegue trabalhar com crédito associativo na construção civil. Quer ver como funciona? Vamos explicar tudo!

O que é crédito associativo?

O crédito associativo é uma forma de financiar imóveis na planta e que envolve no mínimo três atores:

  • Uma instituição financeira;
  • Uma entidade organizadora (geralmente uma incorporadora e construtora);
  • Clientes/compradores dos imóveis (pessoas físicas).

No Crédito Associativo, a instituição financeira fica responsável por disponibilizar recursos e oferecer garantia para que o empreendimento seja viabilizado. A entidade organizadora é a empresa responsável pela venda dos imóveis, pelos estudos de viabilidade, projeto, regularização, execução, e entrega das obras. Já os clientes entram com seus próprios recursos e desejam comprar o imóvel em questão.

Mas por que esses três atores importam? Porque no crédito associativo, um depende do outro para que tudo dê certo!

O financiamento associativo disponibiliza os recursos do FGTS para que pessoas físicas possam comprar imóveis na planta, e para isso, elas devem estar orientadas em uma entidade organizadora (que geralmente é uma incorporadora, mas pode ser uma associação nova que possua CNPJ). Essa entidade organizadora deve ter a parceria de uma construtora (a entidade organizadora pode ser uma construtora e incorporadora). Dessa forma, os associados podem obter recursos junto ao banco para a construção e garantia da obra.

Como funciona o crédito associativo?

Primeiramente, a entidade organizadora precisa ser avaliada junto à instituição financeira. Isso serve para o banco saber se o projeto de seu empreendimento é viável, está bem planejado e se a empresa tem boa saúde financeira. Afinal, os bancos têm muitos critérios para disponibilizar recursos. Mas não é nada que seja impossível, apenas é preciso estar bem organizado. Veja o que a construtora/incorporadora precisa apresentar para ter o crédito associativo aprovado junto à caixa econômica, para fins de exemplo:

  • Situação cadastral regular e saúde econômico-financeira;
  • O empreendimento deve estar localizado em área urbana;
  • Construtora com nível de qualificação no SIAC/PBQP-H;
  • Incorporação registrada no registro de imóveis para contratação;
  • Projeto de arquitetura aprovado e alvará expedido pelo município;
  • Licenças ambientais aplicáveis e declaração de viabilidade das concessionárias de água, esgoto e energia elétrica;
  • Existência de infraestrutura interna e externa ao empreendimento;
  • Demanda mínima de comercialização das unidades do empreendimento.

Esses requisitos são necessários para que o banco analise seu projeto e aprove o crédito associativo para construção civil. Note que há uma demanda mínima de comercialização de unidades. Geralmente os recursos são liberados apenas depois da venda de 30% do total de imóveis disponíveis para venda na planta. Por isso, a construtora/incorporadora precisa já ter todo o resto muito bem encaminhado, então trabalha vendendo as unidades e depois recebe os recursos.

Depois de aprovado o crédito, a instituição financeira vai liberando os recursos conforme o andamento e medições da execução da obra. A liberação de recursos é conforme cada etapa da obra e vai até 180 dias depois da emissão do habite-se. O empreendimento fica assegurado pela instituição financeira, garantindo que não faltarão recursos para execução até o final. Isso é garantia tanto para a construtora/incorporadora quanto para o cliente! Desse modo, os resultados ajudam como trabalhar com crédito associativo na construção civil.

Prós e contras do crédito associativo na construção civil

Como todas as modalidades de financiamento, o Crédito Associativo tem seus prós e contras.

Prós:

– A incorporadora/construtora tem garantia de que terá recursos até o fim da execução da obra;

– Cada cliente deve contratar um seguro de vida compulsoriamente;

– Taxas de juros atrativas para os clientes, mais baixas do que no financiamento comum;

Contras:

– Necessidade de atingir um número mínimo de compradores (geralmente 30% do total disponível para venda).

E então, será que o crédito associativo não seria uma boa opção para sua empresa? Esperamos que essas informações te tragam novas possibilidades!

Solicite seu diagnóstico gratuito! Saiba mais!

UAU MOBILE

Sistema de gestão 100% web e mobile especializado para o mercado imobiliário e da construção civil.

O trabalho dos gestores na construção civil e no setor imobiliário está adaptado à rotina dinâmica do dia a dia. Por isso, é mais comum utilizar aplicativos que facilitam o dia a dia nas obras e na gestão das empresas. Seguindo essa tendência que não para de crescer no mercado imobiliário e da construção civil, a Globaltec oferece aos seus clientes o aplicativo UAU Mobile, com diversas funcionalidades especializada para atender às necessidades dos gestores.

MAIS VISTO

Descubra os riscos e oportunidades ao implantar a LGPD no setor imobiliário e da construção civil.

Fique por dentro das principais novidades

Construtora

Elimine o controle de planilha nas suas obras com auxilio do ERP UAU…

Incorporadora

Implemente um processo de gestão de contratos na sua empresa…

Loteamento

Integre a gestão do seu loteamento com auxilio de um ERP especializado…

Imobiliária

Controle as campanhas de vendas, inadimplência…

Shopping

Elimine o controle de planilha nas suas obras com auxilio do ERP UAU…

ERP para construtora que garante melhores resultados e segurança do seu negócio!